domingo, 27 de novembro de 2011

VITTORIO DE SICA, EM GRANDE ESTILO....

O filme "Jardim dos Finzi-Continis" foi realizado em 1971, inspirado em livro homônimo de Giorgio Bassani, publicado em 1962. Muitos consideram como a obra prima do diretor e roteirista italiano Vittorio de Sica. A história versa sobre a rica familia judia italiana Finzi-Contini, residente em Ferrara durante o nascimento e crescimento do fascismo de Mussolini e sua perseguição aos judeus italianos.

Narrado na primeira pessoa, o filme descreve inicialmente as relações da comunidade judia de Ferrara e seus vários níveis sociais, onde desponta a majestosa propriedade dos ricos Finzi-Contini e o mistério que cerca os seus filhos, que nunca vão à escola, a menos para os exames finais. Continua com a tentativa frustrada do autor em manter um romance com Micól, a bela filha herdeira da rica familia judia.

Tanto livro e filme são importantes pois registram e denunciam a perseguição e morte de 183 judeus italianos de Ferrara, incluindo aí os remanescentes da familia Finzi Contini, deportados para um campo de concentração na Alemanha.



Apesar do tema árido, o filme é de uma incrivel plasticidade, todo fotografado em tons pastéis e bem diferente do neo-realismo típico de De Sica, reforçado ainda pelas belas figuras de Dominique Sanda e do astro alemão ascendente na época, Helmut Berger.

Um filme que não perdeu sua atualidade e merece sempre uma revisita.

(foto reprodução)

terça-feira, 22 de novembro de 2011

O TREM DO SOUL....

Descobri o programa Soul Train através de uma velha fita VHS (quem se lembra ?), lá por 1975/76. O programa nasceu em 1971 e ficou no ar por quase ininterruptos 35 anos, até 2006. Criado por Don Cornelius, que foi seu único apresentador e produtor executivo, Soul Train destacava-se por ser um dos primeiros e mais importantes programas de TV unicamente voltados para a juventude negra frequentadora das high schools americanas.

Pelo seu palco desfilaram os maiores nomes do soul, R&B, funk, gospel, jazz e nos seus últimos anos disco e hip hop. Nas décadas de 70 e 80 - Soul Train foi indiscutivelmente uma grande influência e porta voz da juventude negra americana, lançando modismos no vestir, no vocabulário e nos estilos de dança.



Acima uma pequena demonstração de Soul Train nos seus melhores dias, com a apresentação da banda de funk/soul Tower Of Power e seu grande hit So Very Hard To Go, em 1973. Vejam só a moçada se esbaldando sob o comando do vocalista Lenny Williams. Do catso....